Pequenas Corrupções



1

Filho, vai la compra um cigarro para mim na padaria?

_ Mas pai, o seu Zé não deixa porque eu ainda tenho 10 anos.

Tem problema não, fala que é para mim.


2

Filha, só isso de troco?

_ É sim mãe, o arroz e o feijão ficaram mais caros.

E essa blusinha, é nova?

_Hm... é... não é não, peguei emprestada de uma amiga.

Ah, sim.


3

Seu RG por favor.

_ Está aqui.

Não parece você nesta foto.

_ Mas sou eu sim, eu emagreci, pintei os cabelos, perdi um dente e parei de usar óculos.

Ah sim. Pode entrar.


4

Em quem vai votar este ano?

_ Na Dilma.

Bom, e se eu disser que a licença que você solicitou para abrir seu bar vai sair semana que vem, se você assim, sei lá, mudar de opinião.

_ Sério... que legal... e quem é o candidato?


5

A senhorita quer trabalhar aqui?

_ Sim eu quero.

Eu li seu curriculo, e infelizmente, pelas atribuições que constam nele, fica difícil te contratar. Ao menos que...

_ Ao menos que?

Que voce fosse na minha sala e me mostrasse outras qualidades que aqui faltam.

_ Entendi. Vamos lá então que eu te mostro.


6

Vou ter que te prender, o senhor está bêbado.

_ Me prender? Espere só um minuto que vou fazer uma ligação.

O rapaz faz a ligação.

_ Seu guarda, meu pai quer falar com você.

Sim senhor desembargador, eu vou liberá-lo...


7

Pode assinar aqui.

_ Mas estas horas extras estão certas? Sei lá, acho que não trabalhei só isto.

Trabalhamos este tempo todo juntos e tem coragem de duvidar de mim?

_ Não, me desculpe, não foi isso que quis dizer, eu assino.

Que bom.


8

Isso, passei na casa do cliente e ele não estava, estou liberado agora?

_ Mas tem certeza que ele não está?

Tenho sim, a casa é amarela com portão preto e tem uma roseira na frente, não é isso?

_ É sim, tem razão. Está liberado.


9

Este ingresso está rasurado, comprou onde?

_ No site mesmo, é que eu sou descuidado.

Pensei que tinha sido com os cambistas aqui na frente.

_ Nem foi.


10

Vai votar naquela lei?

_ Depende se o partido governista liberar a verba que estamos esperando.

Mas isto me parece quase uma troca de favores.

_ E é.


11

Vai votar no aumento do próprio salário mesmo com a cidade em dívida?

_ Vou sim. Tenho direito tanto quanto qualquer um.

Mas não se importa com o rombo que isso vai causar?

_ Nem tanto, estamos com um imposto novo em mente, o povo compensa isso que você chama de rombo.


12

Viu, esta matéria aqui está legal e tal, mas não vai ouvir o acusado?

_ Para quê?!

Ué, para que ele possa se defender!

_ Para quê?!


13

Você viu só, Alfredo conseguiu um emprego aqui na casa, foi aprovado no concurso.

_ Alfredo? Seu primo?

Ele mesmo.

_ Ué, eu falei com ele faz um mês e ele disse que foi muito mal na prova, errou quase tudo.

Ele é surpreendente mesmo, não acha?


14

Mas aqui diz que para concorrer a vaga, você tem que ser formado, e ele não é formado.

_ O recursos humanos deixou ele participar mesmo assim.

Ora bolas, porquê?

_ Ele é amigo do gerente.

Então para que esta droga de processo?

_ ...


A corrupção dos políticos nada mais, nada menos é do que um reflexo da cultura do povo. Antes de acusar um político, olhe seu umbigo sujo.

E assim vamos construir o nosso Brasil.

Boa chuva!!

Comentários