Luiz de Queiroz (SP 304) - Highway to Hell

A Rodovia Luiz de Queiróz (SP - 304), liga as cidades de Americana e Piracicaba, passando por Santa Bárbara D'Oeste. Ela faz ligação com a Rodovia Anhanguera em Americana, e em Piracicaba ela acaba na rua Pádua Dias, totalizando 45km (no google mapas mostra 38km de extensão).


Exibir mapa ampliado

Desde que comprei minha moto em 2007, eu passo por ali por várias razões, e em algumas destas ocasiões algum tipo de acidente aconteceu, nem todos com morte.

As razões dos acidentes são diversas: motorista que perdeu controle, que estava desatento, bêbado, que sei lá como tombou o caminhão, ultrapassagem cagada, gente que tentou se matar, que tentou atravessar a pista correndo _ ao invés de usar a porcaria da passarela... E as vezes tem acidentes com capivaras na pista, mas parece que este ano de 2012, neste trecho não houve nenhum.

Sem contar os casos em que nós sabemos o que de fato aconteceu: se a pessoa estava no celular, estava dormindo, estava pensando na morte do bezerro...

Segundo o site do Liberal, em maio de 2012:

(...) o número de vítimas fatais causadas em acidentes ocorridos na SP-304 sobre para dez. Ponto de ligação entre cidades da RPT (Região do Polo Têxtil), a rodovia registrou aumento no número de acidentes e mortes no primeiro trimestre deste ano, comparado ao mesmo período do ano passado, no trecho entre Americana e Santa Bárbara d'Oeste.

Segundo o setor de estatísticas da Polícia Militar Rodoviária, o número de acidentes com vítimas leves e graves saltou 42%. Foram 70 acidentes este ano, contra 49 no ano passado (2011).

Mortes no Trânsito

O documento do Instituto Avante Brasil, nos traz alguns dados macabros sobre os acidentes no Brasil:

Nos últimos 31 anos (1980 - 2010):

Crescimento de 115% no nº de mortes
Crescimento de 33% na taxa de mortes por 100 mil habitantes

A Média de Crescimento Anual de homicídios para este período é de 2,81%

Nos últimos 10 anos (2001 - 2010):
Crescimento de 40,3% no nº de mortes
Crescimento de 26,6% na taxa de mortes por 100 mil habitantes

A Média de Crescimento Anual de homicídios para este período é de 4,06%

CONSTATAÇÃO: enquanto a taxa de mortes/100k veículos vem caindo aos longos dos anos, a taxa de mortes/100k hab. se manteve praticamente constante no mesmo período.


Após a lei seca o número de mortes caiu, mas depois voltou ao normal (fator medo, acredito eu)

Isso desmistifica a teoria de que motociclistas morrem muito mais que os demais



Acidentes na Luiz de Queiroz (2012/13)

Em uma googlada (péssimo anglicismo, by the way), listei alguns acidentes do ano de 2012 e 2013, pois é, o ano nem começou e já teve gente se lascando nessa highway =/

++ 2012 ++

Jaqueline Britto da Silva, 22 anos...
25/01/2012
Acidente entre caminhão e ônibus deixa 5 vítimas na Luiz de Queiroz

28/01/2012
Acidente mata jovem na SP 304, em Americana

13/02/2012
Jovens morrem em acidentes com moto

16/02/2012
Em Americana, carreta tomba em alça da SP-304

06/03/2012
Comerciante morre em acidente na SP-304

16/02/2012 - Como consegue?
18/03/2012
Mulher morre em acidente na rodovia entre Santa Bárbara e Piracicaba

04/04/2012
Motociclista morre atropelado por caminhão na Rodovia SP-304

12/04/2012
Aposentada de 83 anos morre após ser atropelada na SP-304

20/04/2012
Motociclista morre em acidente com ônibus na SP-304

19/05/2012
Mais 2 jovens morrem neste sábado em acidentes na SP-304

15/05/2012
15/05/2012
Acidente entre caminhões e ciclista para a SP-304

02/10/2012
Jovem morre em acidente na SP-304

09/11/2012
Acidentes na SP-304 geram 2 horas de congestionamento em Piracicaba

30/11/2012
Ex-goleiro do Rio Branco morre em acidente na SP-304

10/12/2012
Ferramenta provoca acidente na SP 304

31/12/2012
Quatro ficam feridos após acidente na SP-304 na entrada de Piracicaba

++ 2013 ++


09/01/2013
Trecho da SP-304, em Santa Bárbara, registra dois acidentes em uma hora

11/01/2013
Três caminhões se envolvem em acidente na SP-304

17/01/2013
Funcionário do DAE morre em acidente na SP 304





Bom, não é preciso dizer que qualquer um de nós que usamos estas rodovias e ruas desse Brasilzão, estamos sujeitos a estes acontecimentos trágicos, seja por culpa nossa ou de terceiros. O jeito é tomar cuidado por aí: não usar o celular no volante, não dirigir chapado, olhar para o trânsito e não para quem está do seu lado, respeitar as sinalizações, não correr que nem um maluco e nem fazer ultrapassagens de risco.

[Não estou dizendo que eu não cometa alguns destes erros vez ou outra, a recomendação vale para mim também oras!]

O post é para alertar que o risco é real, tanto quanto fazer sexo sem camisinha... se não tomar cuidado uma hora a conta chega...

E um sonzinho em homenagem a SP-304 \o/

Comentários