Piratas

Aye marujos!

Bem vindos ao fantástico mundo dos piratas!


Jolly Roger


A perna de pau, o tapa-olho, o gancho, os navios, a prancha, os cânticos, enfim, tudo aquilo que Hollywood fez destes homens do mar.

Mas fugindo um pouco deste pensamento hollywoodiano, quem de fato são os piratas? Como isso tudo começou? Ainda existem piratas?

Tentarei da melhor forma possível descrever um pouco de sua história, espero que gostem!


Origem

A palavra pirata vem do latim pirata, que por sua vez veio do grego peirates (salteador) que é derivada da palavra peiráomai (tentar, experimentar) [E daí né?].

Segundo estudos, os piratas surgiram no Mediterrâneo por volta de 750 AC.


Mar Mediterrâneo


O solo árido onde moravam não era favorável para a agricultura e eles viviam basicamente da pesca. Quando a pesca não era suficiente, eles se voltavam paras as rotas comerciais terrestres para roubar comerciantes.

Mas nem tudo eram rosas ou violetas ou copos de leite. As rotas não eram tão próximas assim, aí eles tinham que andar pacas [andar muito] passando por montanhas e rios para roubar algo, e, carregar. Imagino também que havia quem estivesse prevenido contra os ataques dos ladrões [ou acha que era tudo moleza?].

Tempos depois, o comércio marítimo prosperou e os comerciantes levavam suas mercadorias em embarcações grandes [pequenas e médias também].

Algumas trilhas não eram por mar aberto e o comerciante não tinha como ir por outro lugar.

Pense um pouco: os povos destas áreas sabiam pescar, conheciam o mar, tinham barcos, tinham fome, já roubavam por terra e sabiam que isso não compensava muito porque tinham que andar muito. De repente veem um barco cheio de coisas gostosas [churros, barras de chocolate, salgadinhos de bacon, bacon, mais bacon e bacon] e preciosas [um Playstation 3, um macbook, um fusca azul e um coçador de costas], o que era mais fácil fazer?

Roubar o barco!

A pirataria tornou-se um negócio lucrativo e só aumentou com o passar do tempo. Aumentou tanto, que algumas cidades da Grécia como Atenas, Tirinto, Micenas tiveram que construir cidades portuárias, protegidas por muros, para poderem transportar as mercadorias em segurança. [Aqui um exemplo].

A ilha de Creta era uma das que mais tinham piratas [aqui para ler sobre Creta e o Minotauro].

Os piratas passaram a unir-se em grupos de pessoas que vinham de vários lugares do mundo. Até mesmo marujos que foram roubados tornavam-se piratas [é bem aquele pensamento: os desgraçados me roubaram tudo mesmo, agora que se dane].

Algumas nações controlavam grupos de piratas para roubar outras cidades. Porém boa parte dos grupos agia por si própria, e se agissem por alguma nação, o faziam enquanto era rentável _ numa relação bem mercenária [ou profissional, como estas do mundo moderno].

Eles passaram a ser conhecidos como os Povos do Mar!

...

E claro, eu não terminei por aqui, continua...

Boa semana com feriado no meio!
Auf Wiedersehen!

Comentários